Barcelona é Bi-campeão

O Barcelona foi para campo no segundo tempo contra o Celta, em Vigo, já com o bicampeonato e o 18º título garantido. Pois o Valencia havia fracassado e perdido para o Mallorca. Mas para não diminuir a empolgação da conquista, o time catalão derrotou o time da casa nesta quarta-feira por 1 a 0. Com 35 jogos completados, o Barcelona tem 79 pontos, contra 68 do Valencia, que tem uma partida a mais. Aos 9min do segundo tempo, Samuel Eto'o voltou a marcar pelo Barça. Foi seu 25º gol no campeonato, do qual é o artilheiro. Mas se Eto'o é o finalizador da equipe do holandês Frank Rijkaard, a função de líder e maestro fica, sem dúvida, com Ronaldinho Gaúcho, que deixou o campo aplaudido aos 11min do segundo tempo. O brasileiro entrou em campo 28 vezes pela equipe catalã nesta temporada do Espanhol. Ganhou 21, empatou cinco e perdeu apenas duas vezes. Nestas 28 partidas, marcou 16 gols e deu 11 assistências. Este foi o segundo título espanhol conquistado por Ronaldinho desde sua chegada ao Barcelona na temporada de 2003-04, da qual foi vice-campeão. Com isso, já deixou Romário (um título nacional em 1994) e Ronaldo (campeão da Recopa européia e da Copa do Rei em 1997) na galeria de craques do time. Com a camisa do Barça, Ronaldinho foi eleito o melhor jogador do mundo pela Fifa nos últimos dois anos e ganhou também a "Bola de Ouro" em 2005 - no prêmio de melhor da Europa em eleição da revista francesa "France Football". Nas últimas dez temporadas, até esta quarta-feira, o Barcelona perdeu cinco vezes pelo Celta em Vigo, empatou três e venceu apenas duas. A última vitória do time catalão havia saído apenas na temporada 1999-2000, por 2 a 0, com gols de Rivaldo e Figo. Mas, depois de ver sua conquista adiada nas últimas rodadas, o Barça dessa vez não queria ter de repensar a festa. Os jogadores do Barça ficaram sabendo da conquista antecipada indo para o vestiário ao fim do primeiro tempo. Após a notícia chegar, os jogadores reservas comemoraram jogando água uns aos outros. O Barça já era o último time espanhol a ter conquistado dois troféus em seqüência, em 1998 e 1999, quando era dirigido por outro holandês, Louis Van Gaal. "Este é o prêmio mais importante para a equipe", afirmou o presidente Joan Laporta ao "Canal Plus". "É uma recompensa pelo trabalho sério e consistência durante toda a temporada. Agora podemos chegar à final da Liga dos Campeões menos tensos. Este time está fazendo história", completou. O Barcelona decidirá contra o Arsenal o título da Liga no dia 17 de maio, em Paris. Este título Ronaldinho ainda não tem.

11:33 - 04/05/2006






Desenvolvido por Adriano Marinho