Governo entrega Centro de Referência em Hanseníase

Roseana Sarney e José Márcio Leite entregam o Centro de Referência em Hanseníase

A governadora Roseana Sarney e o secretário de Estado de Saúde (SES), José Márcio Leite, entregaram, nesta segunda-feira (21), o Centro de Referência em Hanseníase, anexo ao prédio do Centro de Saúde Genésio Rêgo, no bairro a Vila Palmeira, em São Luís. O espaço está pronto para receber, com serviços ambulatoriais, pacientes de todo o Maranhão, portadores de hanseníase ou com suspeita de ter contraído a doença.

 

 

Roseana Sarney ressaltou que a entrega do centro é uma medida importante no combate da hanseníase, doença cruel e que pode causar deformidades físicas. Pode ser evitada com o diagnóstico no início da doença e o tratamento imediato.

 

“Esta é mais uma demonstração de cuidado que temos com a população maranhense. O centro de Referência em Hanseníase fará pesquisas, diagnóstico e tratamento das pessoas mais humildes e que precisam do atendimento público de qualidade”, afirmou Roseana Sarney.

 

A governadora afirmou que a saúde do Maranhão nunca mais será a mesma, pois estão sendo construídos 72 novos hospitais e oito Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), em São Luís e no interior.

 

“Este é o maior programa estadual, na área de saúde pública em realização no Brasil e que já é uma realidade com a entrega esta semana da primeira UPA (Anjo da Guarda) e do Hospital de 20 leitos no município de Lago do Rodrigues. O Governo do Estado tem planejamento estratégico e trata o cidadão com seriedade”, Afirmou Roseana Sarney.

 

Presente na solenidade de entrega, os secretários de Estado de Educação, Anselmo Raposo; o secretário chefe do Gabinete Militar, coronel José Vieira; o de Comunicação Social, Sérgio Macêdo; Desenvolvimento Agrário, Conceição Andrade; e o de Cultura, Luís Bulcão. Contou, também, com a participação do comandante do 24º BC do Exército, coronel Guedes; o defensor-público geral Aldir Mello Filho, além de médicos e diretores das unidades de saúde e servidores do estado.

 

Centro de Hanseníase

O novo centro de hanseníase conta com seis consultórios, oito médicos dermatologistas, dois terapeutas ocupacionais, cinco fisioterapeutas, três enfermeiras, um psicólogo e uma estomoterapeuta (especialista em curativos). Tem, também, oficina para confecção de calçados especiais. Para os casos de internação, o Hospital Aquiles Lisboa, no Bairro da Vila Nova, continuará sendo a referência.

 

Médico sanitarista, o secretário de Estado da Saúde, José Márcio Leite, informou que, atualmente, o Maranhão registra seis casos de hanseníase para cada 10 mil habitantes e que a meta é baixar para um caso a cada 10 mil/hab. “Os percentuais caíram ao longo dos últimos cinco anos e a temos a certeza que a entrega deste centro de hanseníase será um marco importante para o diagnóstico e tratamento da doença”.

 

 

 

 

O diretor do Hospital Genésio Rêgo, Carlos Dino Penha, disse que serão disponibilizados no Centro de Hanseníase, exames de contato, avaliação dermatológica e neurológica, administração de doses supervisionadas, atividades educativas, treinamento/capacitação em ações básicas e incapacidades, curativos especiais e adaptação de calçados, entre outros. “Em breve seremos uma referência em tratamento para todo o Nordeste”.  

 

 

 

 

 

 

 

ONg Alemã  

 

 

 

A Dahw (ONG alemã de ajuda à hanseníase e tuberculose, que vem contribuindo com o estado desde 1991) fez a doação,  ano passado, de equipamentos de fisioterapia, terapia ocupacional e de oftalmologia para serem utilizados no novo espaço.  

 

Grande parte desses serviços já era oferecida pelo governo estadual em um dos pavilhões da unidade de saúde. “A diferença é que, agora, os pacientes de hanseníase serão atendidos com mais qualidade, em um espaço concebido especialmente para essa clientela, com todo o conforto e comodidade”, explicou a coordenadora de enfermagem Andrea Reis Araújo. Foto: Nestor Bezerra


Concita Torres / SES

09:14 - 22/06/2010






Desenvolvido por Adriano Marinho