Aposta na base e tiros certos: como o Peixe formou o time de 2010

Jogadores comemoram o título com a taça da Copa do Brasil (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)

Foi em torno dos garotos Neymar e Paulo Henrique Ganso que Dorival Júnior começou a montar o time que até agora conquistou dois títulos em 2010: o Campeonato Paulista e a Copa do Brasil, sendo o último nesta quarta à noite com uma derrota por 2 a 1 para o Vitória. Sua missão, sabia, não seria fácil. O técnico foi escolhido pelo presidente Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro para remodelar o time santista.

 

A virada de 2009 para 2010 foi um ponto de ruptura no Santos. Após dez anos seguidos à frente do clube, Marcelo Teixeira perdeu a eleição, mas deixou dois títulos brasileiros, um centro de treinamento moderno e a Vila Belmiro remodelada. No entanto, isso dívidas foram criadas e isso custou caro ao dirigente, que perdeu a eleição, e ao clube, que fechou 2009 no vermelho.

 

O Alvinegro iniciou 2010 devendo R$ 177 milhões. A nova diretoria assumiu um clube com a folha de pagamento atrasada três meses. O elenco contava com jogadores caríssimos, como Fabão, Adaílton, Fábio Costa, Rodrigo Souto e Léo, todos com salários em torno de R$ 200 mil mensais. O jeito foi fechar a torneira. À força. Adailton, Fabão e Souto deixaram o clube. Léo e Fábio Costa tiveram de aceitar diminuição de seus vencimentos em troca de prorrogação contratual. Fábio, em seguida, foi negociado com o Atlético-MG.

 

Em suas primeiras reuniões com a nova diretoria santista, Dorival Júnior teve a impressão de que seu trabalho não seria nada fácil. Ele se apresentou ao Santos no dia 30 de dezembro. A pressa em montar um novo time era tamanha que o jeito foi começar na antevéspera do Ano Novo.Dorival foi buscar informações com amigos e pessoas do clube e recebeu o seguinte conselho: a montagem da equipe deveria ser feita em torno de Paulo Henrique Ganso e Neymar. Uma ou outra contração pontual e pronto. E assim foi feito.


Globo Esporte

09:19 - 05/08/2010






Desenvolvido por Adriano Marinho