Departamento de Futebol Profissional do JV é extinto

JV Lideral ganhou o único campeonato maranhense que disputou

Acabou acontecendo o que já estava previsto, mas que muitos ainda relutavam em acreditar. A diretoria do JV Lideral, através do presidente Walter Lira, extinguiu o departamento de futebol do clube e se desvinculou da Federação Maranhense de Futebol (FMF).

 

No ofício 0130/2010, assinado pelo presidente Walter dos Santos Lira, o JV Lideral manifesta o seu descontentamento como filiado à Federação Maranhense de Futebol. Um dos trechos do ofício diz: “manifestar seu descontentamento, como filiado junto à Federação Maranhense de Futebol, pelas diferentes posturas para conosco e o futebol maranhense como um todo”.

 

Entre outras alegações, o JV Lideral diz que a substituição do Campeonato Maranhense no primeiro semestre pela Copa União, a qual taxa de confundível, quando no país realizava seus estaduais; e o não cumprimento de promessas de uma ajuda financeira, comprometendo o planejamento dos clubes para o campeonato, também foram motivos para a extinção do departamento de futebol profissional do clube. Além, é claro, da eliminação do Campeonato Brasileiro da Série D.

 

A equipe do Trator conquistou, em dois anos, títulos importantes. Em 2008 conseguiu o acesso à primeira divisão do futebol maranhense com o vice campeonato diante do Iape. Em 2009 foi campeão maranhense, superando o Sampaio Corrêa, e garantiu vaga na Copa do Brasil e no Campeonato Brasileiro da Série D. Na Copa do Brasil foi eliminado pela Ponte Preta e no Brasileiro ficou em terceiro do grupo A3, que teve Guarany de Sobral e Sampaio Corrêa classificados para a segunda fase.

 

O presidente Walter Lira não concedeu entrevista coletiva a imprensa, mas enviou cópia do ofício para todos os órgãos de comunicação, informando o fato.


O Progresso

09:36 - 25/08/2010






Desenvolvido por Adriano Marinho