Sampaio massacra o CSA no Nhozinho Santos

O Sampaio surpreendeu até o mais confiante torcedor que foi prestigiar a Bolívia estrear na fase mata-mata do Campeonato Brasileiro  da Série D. Com um futebol envolvente, o Tricolor massacrou o CSA-AL por 5 a 0 e tem ótima vantagem para o jogo de volta, em Alagoas. 

 

O jogo marcou a reestreia do técnico Flávio Campos, que voltou ao comando do Sampaio com a demissão de Arnaldo Lira.

O jogo
Logo no primeiro minuto de jogo, Thiago Miracema mostrou como seria o tom da partida arriscando um chute pela esquerda mas a bola subiu demais.

Aos 10 minutos do primeiro tempo, Eloir desviou na primeira trave e Robinho ajeitou a bola com calma e chutou para marcar o primeiro gol do jogo.

O Sampaio continuou melhor no jogo, e aos 17 minutos, Célio Codó se antecipou a zaga e cabeceou com perigo. O Sampaio começou a perder muito gols e a preocupar a torcida no estádio Nhozinho Santos. Porém, o Tricolor não deu chance para o azar e aos 28 minutos, o lateral Edson dominou a bola que sobrou após confusão na área e marcou o segundo gol do Tricolor.

Aos 35, o atacante Tiago Miracena chutou cruzado e Célio Codó quase completa para o gol, mas o zagueiro salvou. Na cobrança do escanteio, Silvio fez fez mais um: 3 a 0.

O Sampaio continuou pressionando e Célio Codó por pouco não marcou mais um no final do primeiro tempo.

Segundo tempo
Logo aos 7 do segundo tempo, o Sampaio avançou pela esquerda e Célio Codó deu um toque por cima do goleiro Jefferson, e Diones só completou para marcar o quarto gol da Bolívia: 4 a 0.

O Sampaio passou o segundo tempo pressionando ainda mais o CSA e perdendo muitos gols. A zaga do CSA estava sonolenta e não deu outra. Aos 35 minutos da etapa final, João Neto chutou forte da entrada da área e marcou o quinto gol boliviano e encerrou a goleada: 5 a 0.

A partir daí foi só festa para a torcida no Nhozinho Santos, que aos gritos de "olé "vibrou com a vitória.

 

Próximo jogo
O jogo de volta será dia 12, no estádio Rei Pelé, às 16h, em Maceió. O Sampaio pode perder até por 4 a 0 que passa para a próxima fase.


Clodoaldo Corrêa / O Imparcial Online

11:00 - 06/09/2010






Desenvolvido por Adriano Marinho