Brasil cai para a Argentina e perde liderança do hexagonal no Sub-20

Nervoso, Neymar não brilhou e ainda levou cartão amarelo: fora do próximo jogo (Foto: Mowa Press)

O tango levou a melhor sobre o samba. Com um jogador a menos desde os seis minutos de jogo, quando o zagueiro Juan foi expulso, a Seleção Brasileira foi derrotada pela Argentina por 2 a 1 na noite deste domingo, em Arequipa (Peru), pela terceira rodada do hexagonal final do Sul-Americano Sub-20. Com o resultado, o time canarinho perdeu a invencibilidade e caiu para a segunda colocação do torneio, que dá duas vagas para as Olimpíadas de 2012, em Londres, e quatro para o Mundial, em julho, na Colômbia. Exemplo do nervosismo que atrapalhou a garotada, o atacante Neymar levou o segundo cartão amarelo e vai desfalcar a equipe de Ney Franco na próxima rodada da competição.

 

Os gols da vitória argentina foram marcados por Funes Mori, de pênalti, e Iturbe, que passou por três adversários antes de colocar a bola na rede - lance que fez valer o apelido "novo Messi" do atacante. Willian José marcou para os brasileiros com uma bomba de fora da área. A atuação do árbitro boliviano Wilmar Roldán irritou os meninos de Ney Franco, que reclamaram de faltas e pênaltis não marcados pelo juiz.

 

Os uruguaios, que venceram o Chile na primeira partida deste domingo, lideram o hexagonal, com sete pontos. A Argentina igualou a Seleção Brasileira, com seis pontos, mas perde no saldo de gols. Equador segue na quarta colocação, com cinco. A Colômbia soma apenas um, e o Chile é o lanterna, com zero. Na próxima rodada, na quarta-feira, às 0h10m (de Brasília), o time canarinho vai enfrentar o Equador, no mesmo local.


Globo Esporte

10:48 - 07/02/2011






Desenvolvido por Adriano Marinho