Secretaria de Meio Ambiente dá início à limpeza e revitalização do Olho D’Água em Grajaú

Vereadores, secretário do meio ambiente e um engenheiro florestal estiveram no Olho D’Água do Bairro Trezidela, no último dia 5 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente. Naquele dia, os parlamentares realizaram um momento de conscientização, pedindo à população que preserve aquela unidade de preservação ambiental.

O engenheiro florestal, secretário adjunto e gerente de meio ambiente do município, José Luís Fernandes da Silva, disse, naquela oportunidade, que será implantado no local o principal ambiente de ecoturismo de Grajaú. “Inicialmente vamos fazer a urbanização das áreas das estações e trabalhar a questão do ecossistema. Vemos aqui uma área de ecótono, ou seja, transição ambiental da floresta densa com o cerrado e isso pode ser trabalhado com visitação das estações, do destino da água e as pessoas poderão conhecer um pouco do bioma cerrado que está bem presente na área do Olho D’Água”.

Uma semana depois, o secretário do meio ambiente, Raimundo Nonato Saboia Barros, voltou ao local, agora com sua equipe de trabalho, para dar início a uma série de projetos que contemplam desde a limpeza dos acessos ao Olho D’Água, até a revitalização das fontes e a construção de um espaço de lazer, ecoturismo e aprendizado para crianças e adolescentes.

“A ideia do governo é resgatar todos os lugares que estejam inacessíveis a partir de um trabalho bem feito e planejado. Além do serviço ambiental, queremos contemplar o ecoturismo. Queremos fazer aqui um ponto de aprendizado e lazer. As crianças e adolescentes poderão vir com suas escolas estudar aqui. Há mais de 20 anos que as pessoas não tinham esse acesso a este lugar”, disse o secretário.

Saboia enumerou como se dará todas as etapas do processo de revitalização do Olho D’Água. “A primeira contempla toda a limpeza do acesso, das fontes que abastecem o setor do Hospital e Canoeiro, além da construção das cercas de concreto e o alambrado para que ninguém invada o lugar”.

Ainda segundo Saboia, foi tirado de todo o espaço que compreende a área de preservação ambiental do Olho D’Água, cerca de 100 sacos de fibra com lixo, sacolas, garrafas pet. O lixo doméstico foi bastante encontrado no local. “As pessoas tinham o hábito de jogar lixo nas dependências do Olho D’Água, mas isso vai acabar, pois nosso objetivo é colocar um guarda municipal ou vigilante para tomar conta do espaço”, disse o secretário.

As etapas de urbanização do lugar, porém, necessita de destinação de recursos, sejam federais ou do Fundo de Participação do Município (FPM) para poderem seguir. “O dinheiro destinado à pasta do Meio Ambiente é pouco para o que pretendemos construir aqui. Estamos conversando com o Prefeito Otsuka para que seja destinado dinheiro especificamente para a revitalização do Olho D’Água”, afirmou Saboia.

O vereador Márcio Rolins, líder do Governo na Câmara Municipal e um dos entusiastas da revitalização do Olho D’Água, esteve acompanhando os trabalhos da Secretaria de Meio Ambiente neste sábado, 15. De acordo com ele está na hora de a população “visitar essa área ambiental, principalmente as crianças e adolescentes que não sabem que existe um ambiente natural e rico como este em Grajaú”. Rolins destacou ainda que, “o Governo se esforça no momento para fazer com que o local seja resgatado para que as pessoas utilizem o lugar como nas décadas de 1960 a 1970. “Eu mesmo tinha mais de 20 anos que tinha andado aqui e hoje aproveitei para tomar um banho ali na Bica dos Homens. É importante que valorizemos este espaço”.

Além do trabalho da Prefeitura Municipal de Grajaú, já há empresários se mobilizando para valorizar e investir nas proximidades da área do Olho D’Água. João Rodrigues Lopes, mais conhecido por João Neto, da Família Lopes, já deu início à limpeza de uma área de sua propriedade na entrada do lugar. Ali, em breve, ele deve construir um empreendimento que irá beneficiar o grajauense, bem como os turistas.

“Vou fazer um espaço de lazer na entrada do Olho D’Água com duas piscinas, um tanque de peixe, uma cabana e um barzinho para servir as pessoas no fim de tarde. Nós já estamos limpando a área para trazer os técnicos que irão estudar a viabilidade do local para a futura construção. Depois que a área for analisada nós iremos dar início às obras”, garantiu.


Portal Grajaú de Fato

16:29 - 17/06/2013






Desenvolvido por Adriano Marinho