Radialista é assassinado e o corpo encontrado em uma praia em Cajapió

O corpo do radialista Gilvan Pires foi encontrado na manhã desta terça-feira (29), nas proximidades de uma praia no município de Cajapió. A polícia trabalha com a hipótese de latrocínio [roubo seguido de morte], tendo em vista a moto da vítima ter sido roubada. Há indícios que o crime tenha sido cometido por um adolescente, que até o momento, não foi localizado. Testemunhas disseram ter visto Gilvan em companhia do jovem.
O radialista foi espancado na cabeça, furado com um punhal na altura do peito e alvejado a tiros.

Gilva Pires apresentava, aos sábados, o programa ´´Quem Sabe Sábado``, na Rádio Planície FM, no município de São Vicente de Férrer, onde será enterrado. Também era funcionário público, casado e deixa dois filhos.


Imirante

12:24 - 29/10/2013






Desenvolvido por Adriano Marinho