Prefeitura de Imperatriz e Governo do Estado celebram convênio para implantação do ensino médio em Lagoa Verde

O prefeito Ildon Marques e o gerente regional de Imperatriz, Hamilton Miranda, assinaram ontem convênio para implantação do ensino médio no povoado Lagoa Verde. Inicialmente, 120 alunos serão beneficiados nos 1º e 2º anos. As aulas serão ministradas em quatro salas da Escola Municipal Moreira Neto (que foram cedidas em comodato pelo Município) no período noturno. Sete professores da rede estadual de ensino foram indicados pelo Estado para trabalhar imediatamente com as primeiras turmas. A Prefeitura de Imperatriz adquiriu novas carteiras para a escola e também disponibilizou vigia e zeladores. A escola da rede municipal de ensino tem 357 alunos no ensino fundamental. O convênio contempla uma antiga reivindicação da comunidade e de localidades vizinhas. Desde 1999, lideranças comunitárias, pais de alunos, alunos e professores lutam por esse benefício. No governo da ex-governadora Roseana Sarney chegaram a estudar através do projeto Tele-Ensino (ensino à distância). Para fazer o ensino médio, os estudantes da Lagoa Verde e de outros povoados tinham que se deslocar até Imperatriz. O sofrimento agora acabou. Além de não correrem mais o risco constante de acidente na BR-010, os alunos também podem se dedicar mais aos estudos, economizar dinheiro dos pais e sonharem com novas perspectivas de formação profissional, inclusive aqueles que estavam fora da sala de aula. O prefeito Ildon Marques e o gerente Hamilton destacaram a parceria como um instrumento para levar conhecimento e cidadania aos jovens de Lagoa Verde e um ato maduro das duas esferas de governo, que colocaram os interesses da comunidade acima das disputas políticas. "Essa sim é uma política do exercício da inteligência, uma política convergente, na qual ao invés das pessoas se apartarem se unem e buscam o bem estar da comunidade. Por isso temos o prazer hoje de assinar esse convênio com o Governo do Estado para beneficiar a comunidade de Lagoa Verde", disse o prefeito. O gerente Hamilton Miranda afirmou que quando assumiu a Gerência Regional tomou conhecimento do problema e empreendeu esforços junto ao Governo do Estado para, em parceria com o Município, atender essa antiga reivindicação. "Com esse convênio quem ganha é o povo de Lagoa Verde, não é o governo do Município nem o Governo do Estado", acrescentou Miranda.

11:47 - 21/04/2006






Desenvolvido por Adriano Marinho