Para não ficar isolada, comunidade constrói ponte de palmeira de babaçu

Moradores da comunidade agrícola Taboca, na zona rural de Bacabal, tiveram que improvisar pontes, usando palmeiras de babaçu, para não ficar isolados. A situação da estrada que dá acesso ao povoado a cada dia ficar pior por causa do periodo chuvoso.

Em alguns trechos, o jeito é reduzir a velocidade ao passar pelo lamaçal que mais parece um igarapé. O problema maior são as pontes. As que deveriam ser de concreto ou de madeira ainda não foram construída pela Secretaria de Obras de Bacabal. Por causa da situação, os próprios moradores encontraram um jeito de minimizar os problemas, construindo os acessos de maneira improvisada.

Seu Antonio Chaves foi um dos moradores que ajudou a construir a ponte. "As motos estavam chegando aqui e pegando fogo. Os carros estavam se enganchando. A gente fez essa gambiarra aí e graças a Deus está passando. Agora, se chover muito, não vai passar", disse o operador de máquinas.

Segundo os moradores o problema das pontes não é de hoje. Antes mesmo das chuvas chegarem  uma equipe da Secretaria de Obras da cidade esteve no local , mas nada foi feito.

O Secretário de Obras de Bacabal, João Carvalho, informou que o povoado Tabocas está no planejamento de obras de recuperação da prefeitura. Mas, segundo ele, devido às fortes chuvas, os trabalhos tiveram que ser interrompidos.


G1

16:48 - 27/02/2014






Desenvolvido por Adriano Marinho