Presa dupla de estelionatários em Bacabal

Uma operação conjunta deflagrada pelas polícias Militar e Civil da cidade de Bacabal, sob a coordenação do tenente-coronel Egídio Augusto Amaral Soares, comandante do 15º BPM, e o delegado Regional Carlos Alessandro resultou na prisão de Eduardo Gomes da Silva, 36 anos, residente na Vila Coelho Dias e Daniel Miterran Neves Pinheiro, 31 anos, morador do Parque Manoel Lacerda, ambos em Bacabal.

Eles foram detidos na noite da última quarta feira (9), por volta das 20h, suspeitos de praticarem crime de estelionato. Segundo informações do Comandante do 15º BPM, Egídio Augusto, o Serviço de Inteligência e uma equipe de investigadores da Regional, conseguiram obter informações que levaram até o paradeiro dos envolvidos. Eles estavam praticando crime de estelionato em vários municípios da região de Bacabal.

“A dupla está envolvida em diversas ações criminosas, como a falsificação de documentos de identidade, além de assaltos a mão armada. Nessas ações eles roubavam carteiras de identidade em branco para falsificar. Com essas práticas criminosas, as polícias Civil e Militar iniciaram um trabalho de monitoramento e investigação desses criminosos, e nesta quarta-feira localizamos a dupla e todo o material que era utilizados para no crime”, destacou o comandante.      

Com eles, os policiais apreenderam R$ 6.937,00 em espécie, dois relógios, três celulares, duas almofadas para carimbos, duas carteiras de identidade falsas, em nomes de Ina Maria Dias e Lázaro de Betânia Amorim Silva, além de um veículo Golf de cor branca de placas OJK 4791, que era dirigido por Eduardo. 

Segundo o delegado regional, Carlos Alessandro de Assis, várias denúncias anônimas foram registradas na Polícia Civil e Militar. “Isso mostra o tanto que esses criminosos são ousados nesses delitos. Retiramos de circulação uma dupla muito perigosa e que já tem passagem”, ressaltou o delegado.

Ao ser detido no Bairro Cajueiro, Eduardo confessou que as carteiras falsificadas em nomes de Ina e Lázaro pertenciam a Daniel e Cristiano. Diante da informação os policiais foram até as residências dos mesmos, sendo que apenas Daniel foi localizado, enquanto Cristiano não se encontrava na sua casa. Várias diligências foram feitas, porém não obtiveram êxito.

Eles foram autuados em flagrante pelo crime de estelionato e ficarão custodiados em Bacabal, aguardando a decisão da justiça.

Crimes

Conforme investigações, Eduardo havia sido preso no dia 12 de dezembro de 2013. Ele, em companhia de mais três comparsas, foram acusados de falsificação de documentos, formação de quadrilha, estelionato, falsificação de documentos públicos, dentre outras modalidades de crime.

Com os bandidos a Polícia encontrou seis jogos piratas do console Xbox, dez celulares, dez aparelhos HD, dois computadores, várias procurações, documentos de pessoas, carteiras de identidade falsificadas, cartões de banco, benefícios do INSS, além de R$ 3.248,75 em espécie.

Investigações policiais constataram que as cédulas de identidade encontradas com a dupla fazem parte do lote roubado do Shopping Cidadão do município de Bacabal, no dia 14 de março deste ano.

Durante o assalto, os bandidos chegaram em uma motocicleta Pop 100 e armados de revólver calibre 38. Em seguida eles renderam os funcionários e levaram 1.316 carteiras de identidade em branco. No final de novembro de 2013, a unidade móvel do Viva Cidadão também foi assaltada. Naquela oportunidade, os ladrões levaram cerca de 900 carteiras de identidades.



SSP

17:08 - 10/04/2014






Desenvolvido por Adriano Marinho