SES debate redução de danos à saúde de usuários de drogas

Coordenador da oficina, José Ribamar Barros, fala aos participantes

A Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio da Superintendência de Ações Primárias em Saúde, realizou, nesta terça-feira (10), a Oficina de Redução de Danos - Regional de São LuÍs. O encontro visa divulgar e reunir parceiros para atuarem na promoção de ações educativas e estratégias preventivas de agravos junto a usuários de drogas.

A oficina, realizada no auditório do Hospital Estadual Nina Rodrigues, decorre do fortalecimento da Política Nacional de Redução de Danos, instituída pelo Ministério da Saúde (MS), por meio da portaria nº1028/07-2005.  É uma estratégia pragmática de saúde pública que trabalha práticas de risco ligadas ao consumo de drogas lícitas e ilícitas.

De acordo com o coordenador da oficina, José Ribamar Barros, esta é a quarta regional que o Projeto “Redução de Danos no Estado do Maranhão” - desenvolvido pela SES desde janeiro - realiza como forma de buscar abordagens preventivas ao uso de álcool e outras drogas, discutindo a realidade atual das ações voltadas à saúde de usuários.

“Neste primeiro encontro, estamos buscando parceiros e apresentando aos profissionais da saúde que atuam diretamente com a Estratégia de Saúde da Família (ESF), educadores sociais, coordenadores de departamento da saúde mental, CAP’s, e representantes de várias outras instituições engajadas, como está estabelecida a política”, explicou o coordenador José Ribamar Barros.

Durante o encontro, foram debatidas ações concretas para amenizar os danos decorrentes do uso de álcool e outras drogas, junto às populações de usuários e vulneráveis.

José de Ribamar Barros esclareceu que, antes de São Luís, outras três regionais de saúde do estado receberam as oficinas e estão em fase de diagnóstico de resultados. “As regionais de Caxias, Timon e Pedreiras serviram de base para o avanço do projeto, e como apoio para expandir as discussões pelo interior do estado”, declarou.

Na regional de São Luís, participam da oficina os representantes de ESF, coordenadores de CAPs e gestores de saúde dos municípios de Paço do Lumiar, Raposa, São Luís, São José de Ribamar e Alcântara, além de técnicos da SES e representantes de entidades convidadas que atuam na luta contra as drogas.

 


SES

16:47 - 10/06/2014






Desenvolvido por Adriano Marinho