Treze presos fugiram da Delegacia de Polícia Civil de Grajaú, MA

Treze presos fugiram da Delegacia de Polícia Civil de Grajaú (a 580 km de Sâo Luís), por volta das 4h dessa quarta-feira (17). A unidade abrigava 48 detentos. Segundo informações do delegado do 2º Distrito Policial do município, Vinícius Fernando Simas, eles cavaram um buraco na parede, passaram para a área de banho de sol, onde forçaram as grades e conseguiram fugir pelo telhado.

Apesar de todos os fugitivos já terem sido identificados, até o momento, ninguém foi recapturado. "Eles aproveitaram infiltrações do sistema hidráulico, as péssimas condições da delegacia, para fugir. Estamos superlotados, com mais do que o dobro da capacidade de presos. Fizemos buscas ontem, mas hoje apenas a Polícia Militar está fazendo operações, já que nossos escrivães e agentes estão em paralisação", disse o delegado.

No mês passado, uma outra fuga foi registrada na mesma delegacia. Dessa vez, cinco fugiram e dois foram recapturados. "Estamos com presos condenados cumprindo penas aqui, convivendo com presos provisórios, aqueles que estão presos por causa de pensão alimentícia. A Sejap se recusa a receber detentos sob o argumento de que o sistema está superlotado.A situação já foi informada ao Poder Judiciário, já tinha oficiada ao Ministério Público", afirmou Simas.

A delegacia de Grajaú tem sete celas, com capacidade total para abrigar 20 presos. Atualmente, duas celas são reservadas a mulheres. Os demais detentos do sexo masculino dividem espaço nas outras cinco celas.


G1

17:47 - 18/09/2014






Desenvolvido por Adriano Marinho