Moradores de Bacabal sofrem com fumaça do lixão da cidade

Moradores de cinco diferentes bairros de Bacabal, estão sofrendo com a fumaça que vem do lixão localizado dentro da cidade. O problema não está afetando apenas o meio ambiente, mas também, a saúde de quem mora na região.

A luta dos moradores contra a constante fumaça é diária e as vítimas são muitas. Dentre elas, destaque para os mais de 30 catadores de lixo que trabalham nas imediações vasculhando o que pode ser reaproveitado dos resíduos sólidos. Como é caso do catador Antônio Matos, que há 17 anos trabalha nessa área.

Ele garante que nos últimos meses os focos de incêndio aumentaram de maneira considerável, prejudicando ainda mais a sua saúde em decorrência do excesso da fumaça. “A gente tá aqui e tá dentro da fumaça. Quando em chega em casa também não tem sossego por causa dela”, afirma.

Mas não é só pela manhã que o problema é visto e sentido pela comunidade. Durante a noite a situação foge do controle e a fumaça tóxica chega a invadir cinco bairros ao mesmo tempo. Para a lavradora Solange Santos que mora no bairro Vila da Paz, uma das localidades afetadas pela fumaça, a situação está complicando ainda mais a saúde de dois filhos seus que sofrem de asma. “É horrível! A garganta fica doendo. As crianças ficam tossindo. Acordam agoniada e doente mesmo”.

Sobre o assunto, o Secretário de Obras de Bacabal, Pedro Rocha, disse que está chegando uma retroescavadeira no município, que será utilizada para separar todo o lixo. Quanto à fumaça do local, ele disse que fica difícil encontrar uma solução, já que são os próprios moradores que colocam fogo no lixo.


G1

16:47 - 29/12/2014






Desenvolvido por Adriano Marinho