Aumenta a procura por material escolar em Imperatriz

Teve início na cidade de Imperatriz, a 626 km de São Luís, a fase de pesquisa na busca pelo melhor preço do material escolar. E para que nenhum pai tenha surpresas desagradáveis quanto o valor dos materiais, as instituições de defesa do consumidor alertam que eles precisam verificar as listas com muito cuidado, e dessa forma evitar, ao máximo, comprar o que não for de uso exclusivo do estudante.

E foi seguindo essa dica que a professora Andreia Oliveira decidiu sair em busca do melhor preço para o material de sua filha. Ela afirma que na primeira semana do ano, a pesquisa de preço se torna muito mais fácil, além de conseguir uma oferta maior de produtos de qualidade.

“É muito melhor do que a correria. Porque a gente já se antecipa e depois não precisa aquele tumulto, aquela correria. Então, no início do mês é bem melhor para você escolher o material de seu filho. Eu achei os preços melhores e mais fácil de comprar o material”, ressalta a docente.

Com o início antecipado das aulas nas escolas particulares e o pequeno atraso na rede pública, o período de venda de material escolar deve se estender até março. A estimativa do setor é que as vendas sejam quinze por cento maiores que as indicadas no ano passado.

Para o gerente de loja Izaqueu Sanches, que trabalha no setor, a estimativa é que até o final do mês de março deste ano as vendas aumentem mais. “O pessoal já procurando, fazendo pesquisa de preço. A gente ta estimando que esse ano a gente fique até o final de março como uma venda bem maior, em relação ano passado que foi tumultuado”, explica.


G1

18:52 - 05/01/2015






Desenvolvido por Adriano Marinho