Motorista que matou menina de oito anos pode responder por homicídio

Carlos Diego Araújo Almeida, 22, responsável pelo acidente que causou a morte da menina Laura Burnett Marão, de 8 anos, pode ser indiciado por homicídio culposo (sem intenção de matar) ou por homicídio doloso (quando se assume o risco de matar), segundo afirmou a titular da Delegacia Especializada de Trânsito, Valéria Beirouth. 

Na noite do acidente, Carlos Diego foi levado a uma delegacia e chegou a prestar depoimento, mas pagou fiança e foi liberado. Com a morte de Laura Marão, a condição dele muda. O suspeito voltará prestar depoimento na Delegacia de Trânsito às 10h da próxima segunda-feira (4). Pela tarde a policial vai ouvir os agentes de transito que atenderam a ocorrência no local.

“Inicialmente ele foi indiciado por embriaguez ao volante e lesão culposa de trânsito. Agora com o decorrer dos novos depoimentos que vamos pegar, ele pode ser indiciado por homicídio culposo ou homicídio doloso”, esclareceu Valéria Beirouth.

Em 2014, 131 inquéritos foram instaurados para apurar acidentes por embriaguez no trânsito de São Luis. De janeiro até agora foram 37, incluindo o que apura a culpa na morte de Laura.

Enterro
A menina Laura Burnett Marão, de 8 anos, morreu na manhã desta quinta-feira (30). Ela estava internada na Unidade Terapia Intensiva (UTI) do UDI Hospital, em São Luís.
De acordo com o hospital, Laura Burnett passou por uma cirurgia durante a madrugada, mas não resistiu.

O enterro foi realizado no final da tarde, no cemitério Parque da Saudade, no Vinhais. Centenas acompanharam o sepultamento em solidariedade à família da vítima.

Entrevista à TV Mirante
Na tarde de sábado (25), horas antes do acidente, a menina havia participado de uma reportagem da TV Mirante sobre as atividades realizadas no Parque do Bom Menino, em São Luís, em comemoração ao Dia Mundial do Escoteiro.

As imagens mostram que ela se aproxima da equipe de reportagem e diz ao repórter: "Oi. Como vai?". O repórter responde: "Melhor possível". Ela ri, faz um sinal de "V" com os dedos e diz também: "Melhor possível".

Acidente
Laura, o irmão gêmeo, o irmão menor e o pai foram vítimas de um acidente quando estavam indo buscar a mãe no Aeroporto de São Luís, na madrugada do último domingo.

O veículo estava parado no sinal vermelho, na Avenida Jerônimo de Albuquerque, em frente a uma loja de atacados da região do Bequimão, quando foi atingido em cheio pelo motorista Carlos Diego Araújo Almeida, que ainda bateu em uma motocicleta e em outro carro.

De acordo a Secretaria Estadual da Segurança Pública (SSP), o motorista perdeu o controle ao dirigir sob efeito de álcool. Relatório do Samu informa que, apesar do acidente ter envolvido outras vítimas, somente a família precisou de atendimento médico.

O motorista foi conduzido ao Plantão Central do Cohatrac, onde se recusou a fazer o teste do bafômetro, mas confessou a ingestão de bebida alcoólica. Ele foi autuado em flagrante e liberado após pagamento de fiança.


G1

09:21 - 01/05/2015






Desenvolvido por Adriano Marinho