Polícia Civil desarticula quadrilha que cometeu vários assaltos no Vale do Pindaré

Investigadores da Polícia Civil conseguiram na manhã de quarta-feira, 05, desarticular uma quadrilha que estavam realizando vários assaltos na região do Vale do Pindaré. Dois dos três bandidos haviam fugido no final do mês passado da cadeia de Bom Jardim.

De acordo com o Delegado Regional Valter Costa, a operação aconteceu por volta das 9h30 em uma residência localizada na Vila Marconi. Foram presos Renildo Prachedes de Sousa, 19 anos vulgo “Junior”, Paulo Ricardo Lima da Silva, 18 anos e Frank Willian Pinheiro Barbosa, vulgo “Suíla”, todos são acusados de praticarem  assaltos com revólveres calibre 32 e subtrair das vítimas, celulares e motocicletas. Júnior e “Suíla” estavam presos na Delegacia de Bom Jardim e fugiram no dia 25 de julho, ao conseguirem abrir um buraco no teto da prisão vieram para Santa Inês continuar no mundo do crime.

O bando estava escondido na residência, eles ainda tentaram fuga, pulando quintais e invadindo uma casa, mas foram encontrados debaixo da cama e encaminhados para a Delegacia Regional. Foram apreendidos com os três meliantes, cerca de 78 papelotes de maconha prontos para comercialização, uma arma de brinquedo, uma moto roubada em Pindaré com placas de Monção, um celular de uma vítima que foi assaltada semana passada e outra motocicleta que, segundo eles, alugavam para cometer os assaltos. 

Outro elemento do bando conhecido por Alex, conseguiu fugir com as armas usadas nos crimes. Mais de dez vítimas já compareceram na Delegacia Regional e reconheceram o bando como sendo assaltantes e “Suíla” é apontado como o cabeça do bando. Eles sempre agiam se revezando em duas motos, uma modelo Fan de cor vermelha, apreendida com o menor, e uma preta apreendida com o bando. 

Um dos assaltos do bando comandados  por “Suíla” e o menor de 17 anos, preso anteriormente, aconteceu por volta das 5h do dia 31/07, próximo ao Povoado Olho D’água dos Carneiros. Um homem saia de casa em uma moto CG 150 de cor preta, juntamente com seu filho de 11 anos, com destino a uma fazenda, afim de trabalharem em uma plantação de arroz. O menor juntamente com “Suíla”, armados com arma de fogo, anunciaram o assalto.

A vítima se assustou e acelerou a moto, o menor de 17 anos, acabou disparando três vezes contra pai e filho atingindo uma bala na criança de 11 anos, na altura do quadril. O pai da criança disse que a dupla perseguiu eles, mas que eles conseguiram se esconder em um matagal e acabou se livrando de serem mortos. A criança foi socorrida e internada no Hospital e já se encontra em casa. 

O delegado Valter pede para que as vítimas que reconhecerem os elementos das fotos, comparecerem na Delegacia Regional para que seja feito o procedimento. A identificação das vítimas serão mantidas em sigilo. 

A quadrilha responderá por associação para tráfico, comercialização de entorpecentes e roubo majorado. Já um outro inquérito feito contra o menor e “Suíla” responderão por tentativa de homicídio.


11:20 - 11/08/2015






Desenvolvido por Adriano Marinho