Um milhão de reais só em diárias teriam sido desviados da prefeitura de Bom Jardim

Auditoria feita em Bom Jardim constatou que a ex-prefeita Lidiane Leite Rocha se apoderou de um esquema que lhe rendeu R$ 1 milhão só em diárias entre os anos de 2013, 2014 e a metade de 2015.

Conforme o levantamento, as diárias era pagas para 20 servidores da Secretaria de Assistência Social, que tinha como titular Raimunda Nonata Leite, tia da prefeita cassada e foragida da Justiça Federal.

Assim que os valores das diárias eram depositados, cada funcionário sacava e entrega pessoalmente para a tia de Lidiane, que fazia o repasse em espécie para a sobrinha.

O desvio foi denunciado ao Ministério Público para que bens da tia e também da prefeita possam ficar indisponíveis e o dinheiro seja ressarcido aos cofres do município. A ex-prefeita Lidiane Leite permanece foragida e seu ex-marido Beto Rocha continua preso em Pedrinhas.

 

07:23 - 19/09/2015






Desenvolvido por Adriano Marinho