Tenente reformado é morto após reagir a assalto no Maranhão

Um policial identificado como Daniel de Oliveira Santana, de 52 anos, morreu atingido por um tiro na cabeça nesta quarta-feira (25), após reagir a assalto no município de Barão de Grajaú, a 492 km de São Luís. A vítima, que era tenente reformado em Rondônia mas nasceu no Piauí, foi à cidade na companhia da esposa para passar as férias na casa da sogra.

Segundo informações da polícia, por volta das 22h Daniel Santana estava na porta da casa da sogra quando dois homens armados em uma motocicleta se aproximaram e anunciaram assalto.

A vítima reagiu ao assalto e iniciou uma luta corporal com um dos suspeitos. O outro suspeito disparou contra o tenente. Ele foi atingido na testa e morreu minutos depois. Após a ação criminosa os dois suspeitos, que ainda não foram identificados, fugiram do local.

Por telefone, o major e comandante da 6ª Companhia Independente da Polícia Militar Emerson Silva, que responde pelo caso, informou ao G1 que já realiza buscas pela região. “Estamos desde ontem realizando diligências para encontrar os suspeitos. Temos à nossa disposição duas equipes da Força Tática e contamos com o reforço das Polícias Civil e Rodoviária Federal”, afirmou.

O enterro do policial acontecerá na manhã desta sexta-feira (27) em Barão de Grajaú.


11:48 - 27/11/2015






Desenvolvido por Adriano Marinho