SES entrega ambulanchas ao Grupamento Marítimo de Bombeiros

Secretário José Márcio Leite observa ambulancha em operação

Duas ambulanchas foram repassadas, nesta quarta-feira (20), pelo secretário de Estado de Saúde (SES), José Márcio Leite, ao comandante do Grupamento Marítimo do Corpo de Bombeiros do Maranhão, major Macedo. As ambulanchas darão suporte ao Porto do Itaqui e Litoral Maranhense em casos de embarcações a deriva, naufrágios e outros acidentes náuticos. Elas são equipadas com GPS e têm suporte para combate a incêndio e primeiros-socorros.

José Márcio lembrou que as novas viaturas fazem parte da revolução silenciosa que a governadora Roseana Sarney está realizando na saúde. “Estas ambulanchas vão trazer grandes benefícios para a população porque elas são equipadas para transportar doentes de regiões como a baixada maranhense, onde ainda temos comunidades que vivem em pleno isolamento”. O mesmo percurso de um ferry-boat do Cujupe para São Luís feito em 2h30 é realizado pela ambulancha em 20 minutos.

Quarenta membros do Corpo de Bombeiros do Maranhão estarão se revezando na operacionalização das máquinas. O major Macedo disse que no mês de março foram encaminhados cinco bombeiros para participar de treinamento no CB/Rio de Janeiro. “Eles são os responsáveis de repassar conhecimentos de operacionalização, condução e manutenção das ambulanchas”, explicou.

        

Revolução

O Governo do Estado tem demonstrado preocupação com a saúde do Maranhão. Esta semana foram entregues 13 leitos de UTI neonatal no Hospital Dr. Juvêncio Matos para crianças referenciadas do interior do estado.

Até a segunda quinzena de dezembro estarão sedo inaugurados 27 novos leitos de UTI neonatal em Imperatriz e implantados os mamógrafos e tomógrafos volantes. “O Ministério da Saúde recomenda que pelo menos uma vez ao ano as mulheres realizem o exame de mamografia para prevenir doença como o câncer de mama”, completou José Márcio.

Ainda nesta quarta-feira, o secretário José Márcio participou de reunião para efetivação do Plano Estadual de Saúde do Sistema Previdenciário. O projeto é uma parceria entre as Secretarias de Estado da Saúde, Segurança Pública, promotorias e municípios que têm unidades prisionais. “O Plano já foi aprovado pelos Conselhos Intergestore Bipartite (CIB) e Estadual de Saúde (CES) e vai atender a população carcerária com serviços de saúde”, explicou Isabel Macêdo, secretária executiva do CES. Foto: Nestor Bezerra


Concita Torres / SES

10:35 - 21/10/2010






Desenvolvido por Adriano Marinho