São Luís terá pólos da Academia da Saúde

Uma das cidades brasileiras contempladas pelo projeto Academia da Saúde, do Ministério da Saúde, a capital maranhense ganhará cinco pólos do programa, cujo objetivo é estimular a prática da atividade física em espaços públicos equipados com profissionais e equipamentos. A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), encaminhou projeto para instalação de cinco polos e teve aprovação do Ministério para todos eles.

O programa começará a funcionar em São Luís com unidades no IV Conjunto Cohab Anil, Habitacional Nice Lobão, Cidade Olímpica I e II, Vila Vicente Fialho. Em todo o Brasil estão sendo liberados recursos para a instalação de 2 mil polos, o que beneficiará 1.828 municípios.

“A população terá agora um espaço apropriado para se exercitar e cuidar da saúde do corpo. Priorizamos, primeiramente, localidades mais distantes e populosas, onde há mais necessidade de iniciativas voltadas à qualidade de vida da comunidade”, afirmou o secretário municipal de Saúde, Gutemberg Araújo.

Atrelado à atenção básica - O programa Academia da Saúde foi lançado em abril deste ano com o objetivo de promover a saúde da população e estimular a prática de exercícios físicos a partir da criação de espaços adequados – com foco no esporte, no lazer e em modos de vida saudáveis. A inspiração veio de programas piloto bem sucedidos, realizados em cidades como Aracaju, Belo Horizonte, Curitiba, Recife e Vitória.

Esses espaços serão dotados de equipamentos e quadro de pessoal qualificado para a orientação das atividades físicas; promoção de atividades de segurança alimentar e nutricional e de educação alimentar; práticas artísticas como teatro, música, pintura e artesanato. Além disso, os polos deverão organizar o planejamento das ações do Academia da Saúde em conjunto com a equipe de atenção primária à saúde.

O Academia da Saúde integra o seleto grupo das redes prioritárias do Ministério da Saúde – ao lado do Saúde Mais Perto de Você, Saúde Toda Hora, Saúde Não Tem Preço, Saúde da Mulher e Rede Cegonha – e tem previsão de começar a funcionar em São Luís em 2012.

País sedentário
Segundo dados do Ministério da Saúde, 16,4% dos brasileiros são sedentários; 48% dos brasileiros estão acima do peso e, desses, 15% são obesos. Esse percentual da população, de acordo com o estudo, não faz nenhuma atividade física no tempo livre, nem mesmo nos deslocamentos diários ou em atividades como a limpeza da casa ou outros tipos de trabalho.

A Organização Mundial de Saúde recomenda pelo menos 30 minutos de prática de atividade física durante cinco ou mais dias por semana como prática de vida saudável.


O Imparcial Online

16:50 - 09/12/2011






Desenvolvido por Adriano Marinho