Maranhão segue firme no handebol dos Jogos Escolares da Juventude

O handebol do Maranhão segue firme nos Jogos Escolares da Juventude 2013, etapa para jovens de 12 a 14 anos que acontece na cidade de Natal (RN). Nessa quarta-feira (11), as duas equipes maranhenses na modalidade se deram muito bem. No masculino, a Escola São Francisco de Assis venceu o segundo jogo consecutivo e se classificou para as semifinais. No feminino, a U.I. Barbosa de Godóis se recuperou no torneio e agora está a um triunfo da próxima fase.

Diante do Colégio Madalena Sofia (AL), os meninos da Escola São Francisco de Assis encontraram muita dificuldade para garantir a vitória. No primeiro tempo foi tanto que o jogo ficou no empate por 7 a 7. No entanto, os maranhenses se impuseram na etapa final para vencer por 21 a 15 a equipe alagoana.

Já no feminino, só a vitória interessava para as meninas da U.I. Barbosa de Godóis. E o triunfo tão aguardado pelas maranhenses veio até de forma tranquila: 17 a 9 sobre o Colégio Monsenhor Tabosa (CE). O resultado colocou a U.I. Barbosa de Godóis bem perto das semifinais. Para isso, o time do Maranhão precisará vencer o Colégio Maria Pena (MG).

Informações sobre a participação maranhense nos Jogos Escolares da Juventude Natal 2013 estão disponíveis no site da Secretaria de Estado do Esporte e Lazer (Sedel). O endereço é o www.esporteelazer.ma.gov.br.

 

 

Jogos Escolares da Juventude

Organizados pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB), os Jogos Escolares da Juventude são o maior evento esportivo estudantil do país. Em 2013, a organização do evento anunciou a quebra do recorde do número de participantes: 6 mil no total.

Além dos futuros talentos do esporte nacional, treinadores, oficiais, árbitros, embaixadores, voluntários, comitê organizador e comitê local, estão envolvidos no evento que reúne representantes de 26 estados do Brasil, mais o Distrito Federal e uma delegação da cidade anfitriã.

Além das competições, os jovens atletas tem sua disposição uma ampla gama de eventos paralelos às competições. O programa sócio-educativo e cultural abrange diversas atividades extras com o intuito de aproximar os jovens de todo o país aos valores Olímpicos e ao exemplo positivo da prática esportiva.



Sedel

15:34 - 12/09/2013






Desenvolvido por Adriano Marinho