Professores em greve ocupam sede da Prefeitura de Imperatriz

Cerca de 150 professores da rede municipal de ensino de Imperatriz ocuparam o Palácio Renato Cortez Moreira, sede da prefeitura, na manhã desta quarta-feira (23), em protesto pela falta de negociação para reajuste salarial e pelo corte de salários. A categoria está em greve há cerca de três meses e por 23 dias ficou com os pontos cortados.

Os educadores querem reajuste salarial de 13%. A Prefeitura de Imperatriz afirma não ter condições de fazer qualquer reajuste no momento, para não infringir a Lei de Responsabilidade Fiscal, e que o pagamento dos 23 dias de salários congelados foi feito na última sexta-feira (18). O repasse foi feito após liminar concedida pela Justiça em favor dos docentes.

Segundo a assessoria de comunicação da Secretaria de Educação de Imperatriz, a greve é parcial e atualmente atinge apenas 13% da categoria, o que não irá afetar o ano letivo. O Sindicato dos Trabalhadores de Estabelecimentos de Ensino de Imperatriz afirma que o percentual de adesão chega a 51%.

A ocupação no prédio da prefeitura foi informada ao Comando da Polícia Militar. De acordo com o comandante do 3 º Batalhão de Polícia, tenente-coronel Marcos Lima, o movimento é pacífico e não há nenhuma ordem para retirar os grevistas do prédio.



G1

16:53 - 23/07/2014






Desenvolvido por Adriano Marinho