Seba tem registro negado pela Justiça e pode lançar neto como candidato a deputado estadual

Franklin Seba durante discurso na Câmara de Vereadores de Raposa

O presidente da Câmara de Vereadores de Santa Inês, José Franklin Skeff Seba (SDD) não deve mesmo concorrer às eleições de agosto como candidato a deputado estadual. Seba teve o registro de candidatura indeferido pela Justiça Eleitoral no estado e recorreu ao Tribunal Superior Eleitoral, mas na última sexta-feira (22), também foi indeferido, com direito a recurso.

O candidato já se pronunciou sobre a retirada de sua candidatura. Ao utilizar a tribuna da Câmara de Vereadores do município de Raposa, na sexta-feira (22), Seba indicou seu neto, o vereador Franklin Seba Neto, também do SDD como nome que representará o legado da família na busca por uma vaga à Assembleia Legislativa.

Em seu discurso, Seba falou sobre o processo na Justiça e de sua retirada da corrida eleitoral: “somos candidatos a deputado estadual e estamos enfrentando uma barreira jurídica e política também, por que se nós não vencermos a batalha juridicamente, eu vou colocar o meu neto que será candidato a deputado estadual e vai representar não só a Raposa, mas o Maranhão, lá em Santa Inês e em outros municípios que nós temos muitos votos para nos eleger”, declarou.

De acordo com o Ministério Público Eleitoral, Seba é inelegível em razão de ter sido condenado pela prática de crime contra a Administração Pública (no caso, corrupção ativa - artigo 333 do Código Penal) por decisão do Juiz da 2ª Vara Federal - processo nº 2005.37.00.004059-2 (388-84.205.4.013700) decisão esta confirmada pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região, tendo transitado em julgado no dia 22 de novembro de 2013. Portanto Seba não só ficará inelegível como também poderá perder seu mandato de vereador.

Mais informações a qualquer momento ou na edição impressa desta quarta-feira.


16:51 - 25/08/2014






Desenvolvido por Adriano Marinho