LOBÃO FILHO FIRMA COMPROMISSO DE INSTALAR CURSO DE MEDICINA EM SANTA INÊS

Lobão Filho assume compromisso de implantar curso de Medicina em Santa Inês

O candidato da coligação “Pra Frente, Maranhão” a governador, senador Lobão Filho (PMDB), propõe em seu programa de governo, a implantação do curso de medicina da Universidade Estadual do Maranhão (Uema) onde houver hospitais macrorregionais.

O Programa de Aceleração do Maranhão na área da saúde, o PAM/Saúde do candidato, vê ainda a implantação do programa Alô, Doutor para fornecer orientações adequadas aos cidadãos em caso de acidentes ou informações para onde cada pessoa deve se deslocar em busca de atendimento médico de qualidade e correto.

Em Santa Inês um hospital macrorregional com 100 leitos está sendo construído no setor da Cotia Pelada, às margens da BR 222,  além do que na cidade já existe um campus da Universidade Estadual do Maranhão/Cessin onde se destaca o curso de Enfermagem. A implantação de um curso de Medicina em Santa Inês seria um ganho muito grande não só para a cidade, mas para dezenas de municípios da região e até de outras regiões, o que contribuiria para que Santa Inês se transformasse em um polo universitário. O compromisso assumido pelo candidato a governador pelo PMDB de implantar o curso de Medicina em Santa Inês foi confirmado na manhã de ontem pela assessoria do candidato ao AGORA. Segundo sua assessoria com a inauguração do Hospital Macrorregional em novembro ou no máximo no começo do próximo ano, o curso estará garantido em Santa Inês.  

Para o estudante do ensino médio Carlos Eduardo Santos a promessa de Lobão Filho é tudo o que os estudantes de Santa Inês precisavam ouvir: “ele até pode não fazer mais nada, mas só isso já colocará Santa Inês em destaque”, diz ele. Já Maria Fernanda Costa disse que  “o curso de Medicina aqui perto de casa foi tudo o que sonhei na vida, e eu acredito que Lobão Filho vai trazê-lo para a cidade”.   

Outros pontos para Saúde:

Lobão Filho revelou ainda que o Alô, Doutor é uma das várias ações que constam no Programa de Aceleração do Maranhão na área da saúde, o PAM/Saúde. Entre elas, o senador citou: a construção de Hospitais de pronto atendimento em todos os municípios onde ainda não têm, a implantação de 19 centros de consultas e exames especializados em cada uma das regionais de saúde, o programa Remédio em Casa, que consiste em um sistema de entrega de medicamentos de uso continuado aos pacientes com dificuldade de locomoção.

Estão previstos ainda a implantar  o Programa Mais Leitos para a construção, conclusão e equipamentos de todos os hospitais de 20, 50 e 100 leitos, a ampliação da rede de Unidades de Pronto Atendimento, com a construção de UPA’s em todas as regiões do Estado, em parceria com o Governo Federal e a criação de Centros Estaduais Regionais de Recuperação, para tratamento de dependentes químicos.
 
Hospital macrorregional com 100 leitos está sendo construído pelo Governo do Estado na cidade
 

08:01 - 06/09/2014






Desenvolvido por Adriano Marinho