Estudantes tentam controlar a ansiedade antes do Enem

A menos de duas semanas para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), estudantes lotam os cursos preparatórios, em São Luís. Especialistas aconselham que os estudantes mantenham a calma nesses últimos dias que antecedem as provas e focar nos conteúdos que o estudante considerar mais complexos.

Durante o ano, a carga de aula foi extensa e, de olho em uma vaga na universidade, os estudantes revisam todo esse conteúdo para realizar uma boa prova. Só que têm muitos alunos que deixam para estudar na última hora e essa pode ser uma estratégia que não dá muito certo. “Nessa reta final, é bom eles focarem nos assuntos que, geralmente, caem mais ou vem caindo mais nas provas do Enem”, explica o professor de física, Francisco Júnior.

Para a psicopedagoga, May Guimarães, é muito difícil alcançar uma boa pontuação no Enem com pouco tempo de estudo. “Quem não estudou quase nada precisa estudar, mas só para o próximo Enem”, diz.

A estudante Alice Frazão, que se prepara desde janeiro, fala sobre a reta final nos estudos. “A gente busca a revisão justamente para aperfeiçoar e tentar suprir as necessidade que a gente teve, conteúdos que a gente teve mais dificuldade”, conta.

Eles sabem o que devem fazer para não falhar nos dias da prova e, também, nesse período que antecede do exame. Mas nem uma boa preparação e dedicação aos estudos tiram da cabeça a preocupação com o tempo. “A dica é: tentar fazer o Enem sem muita ansiedade, porque a ansiedade é um devorador de tempo. Com ansiedade, aquilo que a pessoa ainda poderia responder corretamente, ela perde a concentração”, explica a psicopedagoga.


G1

16:54 - 28/10/2014






Desenvolvido por Adriano Marinho