Mães reclamam de falta de leite de alto custo no rede pública do MA

Mães de bebês que precisam de um leite especial para alérgicos à proteína do leite estão desesperadas em São Luís, MA. O produto que, normalmente, era retirado gratuitamente pela Secretária Estadual da Saúde, está em falta. Sem conseguir pagar pelas latas, que custam até R$ 200 cada, elas não sabem como vão alimentar os filhos.

As mães também reclamam sobre a dificuldade em conseguir informações de quando o serviço será restabelecido. Um grupo chegou a procurar o Ministério Público Estadual para tentar regularizar a entrega do leite, mas a resposta só deve sair em dez dias por meio da Promotoria da Infância e da Adolescência.

Nós precisamos que eles entrem com uma providência urgente para que as crianças não sofram"
Érika Barreto, Dona de Casa

Enquanto isso, Joanice Santos não sabe o que fazer para alimentar a pequena Caroline. Há mais de três anos que a criança luta pela vida. A menina tem múltipla alergia alimentar e uma síndrome rara. Agora, a mãe não sabe o que fazer porque a entrega do alimento fornecido pelo estado não está regular. Mas todo dia a Caroline precisa comer. “ Tudo o que a gente está sabendo é que não está tendo leite, pois está em falta. Não sabe quando vai chegar, quando vamos ter acesso”, lamentou.

A doméstica Érika Barreto, só tem mais duas latas em casa e está na mesma correria em busca do leite. Já foi em vários locais querendo informação sobre a entrega do único alimento do filho caçula. O último foi a farmácia de medicamentos excepcionais do Maranhão.

Por um aplicativo no celular, troca informações com um grupo de mães que esta na mesma situação, sem leite especial há três meses. “Nós precisamos que eles (Ministério Público) entrem com uma providência urgente para que as crianças não sofram, pois são muitas crianças”, disse.

Por meio de nota, a Secretaria Estadual de Saúde informou que o leite está em processo de aquisição e que até abril a distribuição do leite especial será normalizada. Confira abaixo a nota na íntegra.

Nota
A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informa que o leite especial NEOCATE está em processo de aquisição. A licitação para compra será realizada no próximo dia 15. A SES assinala ainda que o leite especial está em falta porque a gestão anterior adquiriu estoque para atender a demanda somente até o mês de janeiro. Até abril, a distribuição do leite especial será normalizada, quando será reaberto o orçamento do Estado.


G1

09:26 - 10/03/2015






Desenvolvido por Adriano Marinho