Estudante baleado em assalto dentro de ônibus é enterrado em São Luís

Foi enterrado na tarde desta terça-feira (5), no Cemitério Santa Bárbara, na zona rural de São Luís, o estudante Rondinely Ferreira da Costa, de 18 anos, que morreu após ter sido baleado dentro de um ônibus durante um assalto na região da Cohab, na capital maranhense. O jovem foi atingido na cabeça após ter o celular roubado.

Durante o velório, que aconteceu nesta manhã, na Paróquia Santo Antônio, no Parque Vitória, o clima era de comoção e muita revolta entre os parentes e amigos do estudante.

O estudante Antônio Sousa afirma que a vítima era um jovem educado e envolvido com religião. "Ele era um menino muito certo, de igreja. Ele sepre fazia a alegria da igreja. A primeira pessoa que a gente sempre encontrava na igreja era Rondinely", lembra Antônio.

O estudante chegou a ser levado para o Hospital Municipal Clementino Moura (Socorrão 2), no bairro Cidade Operária, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos e morreu na madrugada desta terça-feira.

Assaltos a ônibus
Segundo dados do Sindicato das Empresas de Transporte, em 2014, foram registrados 477 assaltados a ônibus em São Luís. Até o momento, o número de assaltos na capital maranhense já chega a 209 assaltos. No mês de abril, 67 ônibus foram assaltos, o equivalente a dois assaltos por dia.

De acordo com a Polícia Militar, a Avenida Daniel de La Touche, próximo ao bairro do Ipase, é considerada uma das áreas mais perigosas dentro da área metropolitana de São Luís. Ela é chamada é rota do pânico, por quem trabalha com o transporte coletivo naquela área.


G1

11:12 - 06/05/2015






Desenvolvido por Adriano Marinho