Corpo da estudante morta em coletivo foi sepultado em Barreirinhas

O corpo da estudante Alessandrina Alves Rodrigues de 21 anos, morta por um tiro em um coletivo na ponte do São Francisco no fim da tarde de quarta-feira (3)  para ser sepultado no Povoado Palmeiras do Reis, em Barreirinhas. A família da estudante mora lá. Alessandrina havia completado 21 anos na sexta-feira passada e morava em São Luís há um ano. Ela trabalhava como empregada doméstica e estudava pra se formar em Técnica de Enfermagem, num curso na Rua Rio Branco, no centro da capital. Familiares e amigos da estudante estão desolados com a tragédia. 

 

G1

09:37 - 05/06/2015






Desenvolvido por Adriano Marinho